Primeira edição do ‘Saneamento em Pauta’ debate processo de regionalização

Com sucesso de participação de público e engajamento, a Cagepa realizou nesta quarta-feira (14) o primeiro Webinar Saneamento em Pauta, uma nova série de debates com foco no saneamento de todo o País. O presidente da Cagepa, Marcus Vinícius Neves, mediou o tema “O Marco Legal do saneamento e o processo de regionalização”, e o encontro contou também com a participação do presidente da Companhia de Água e Esgotos do Ceará (Cagece), Neuri Freitas, e do advogado especializado em Resíduos e Saneamento Básico, Wladimir Ribeiro.

De acordo com Marcus Vinícius, o debate veio em hora mais que oportuna, dada a importância da regionalização para a construção do novo modelo de saneamento no Brasil. “Tivemos uma tarde produtiva de conceitos, provocações e entendimentos sobre a regionalização, que, agora, é uma diretriz do saneamento e, portanto, precisa ser conhecida e desmistificada. A Lei 14.026, ao instituir a regionalização, legalizou esse processo e, por isso, é tão urgente e importante que discutamos essa temática com a população”.

O presidente da Cagepa ainda destacou pontos polêmicos sobre a regionalização que foram bem esclarecidos pelos participantes, durante a webinar. “Queremos deixar claro que esse processo não busca usurpar qualquer atribuição de titularidade do município. Pelo contrário, busca trazer à esfera de uma discussão conjunta – Estado e Município – com o objetivo de conseguir a melhor solução para todos. E diferente do que muitos dizem, regionalização nao significa privatização. Tendo em vista o tripé técnico-financeiro, operacional e social, busca-se o equilíbrio e o interesse comum, procurando a melhor forma de atuação. Aí sim a empresa pública tem total condição de atuar nesse processo”, explicou.

O “Saneamento em Pauta” será realizado uma vez por mês e, a cada edição, serão discutidos temas relevantes sobre os entraves do setor, além de iniciativas pioneiras e criativas, com grandes nomes que estão à frente do saneamento no Brasil. O evento é aberto ao público em geral e será sempre transmitido pelo YouTube da Cagepa.