Prevenção de Doenças

Várias doenças são transmitidas através da água consumida sem o devido tratamento. Por isso, a Cagepa vem fazendo grandes investimentos para garantir o acesso da população à água potável. A comunidade, no entanto, também pode fazer a sua parte para evitar doenças. Conheça algumas das enfermidades que a população pode evitar ao consumir água com o devido tratamento da água:

Amebíase

A transmissão ocorre através da água dos rios, contaminada pelas fezes de pessoas doentes, e pode se alastrar pela poeira ou por insetos que infectam frutos e verduras. O indivíduo contaminado pelo protozoário apresenta um quadro clínico de diarréia. O mal é combatido, principalmente, através do provimento de saneamento básico nas comunidades e cuidados com a higiene pessoal.

Ancilostomose ou Amarelão

A contaminação por esta doença ocorre pela penetração de larvas dos vermes na pele ou pela ingestão de ovos do parasita através de água e alimentos contaminados. A pessoa com a doença apresenta anemia, fraqueza, emagrecimento, dores abdominais, vômito e diarréia, podendo também surgir a distorção do apetite como o hábito de comer terra. Para evitar o mal, é necessário que existam instalações sanitárias adequadas na residência, saneamento básico, higiene alimentar e uso de calçados.

Ascaridíase

A ingestão de água e de alimentos contaminados com ovos do Ascaris lumbricoides (conhecido como lombriga) é a principal forma de transmissão desta doença. Quando o número de vermes é grande, o portador da Ascaridíase apresenta um grande risco de obstrução intestinal. Para evitar a doença, é necessário que existam instalações sanitárias adequadas, higiene alimentar, educação sanitária e tratamento dos doentes.

Cólera

A transmissão ocorre pela ingestão de água e alimentos contaminados com a bactéria. O portador da cólera apresenta sintomas como diarréia intensa, desidratação e dor abdominal. O agravamento da enfermidade pode provocar a morte da pessoa infectada. Para evitar a doença é fundamental que exista saneamento básico na comunidade, higiene alimentar, instalações sanitárias adequadas e tratamento dos doentes.

Dengue

A transmissão ocorre através da picada do mosquito Aedes aegypti infectado. O portador da doença apresenta febre, dores e manchas avermelhadas no corpo. A eliminação de criadouros dos mosquitos transmissores é a principal forma de combate à doença. Lugares onde há água parada e limpa são habitat do mosquito na fase em que ele ainda é larva, por isso evitá-los é fundamental para evitar a proliferação da doença.

Febre Tifóide

Infecção bacteriana generalizada, com febre contínua, manchas róseas no abdome, dor de cabeça, prisão de ventre, diarréia etc.

Febre Paratifóide

Infecção bacteriana, com febre contínua, manchas róseas no tronco e diarréia.

Hepatite Infecciosa

Infecção aguda com febre, náuseas, dores abdominais, icterícia, vômitos, perda de apetite, fadiga, dor de cabeça etc.

Poliomielite (paralisia infantil)

Doença virótica com febre, dor de cabeça e até paralisia dos músculos voluntários.

Cólera

Infecção bacteriana intestinal aguda que causa diarréia, desidratação, vômitos, colapso, coma e até morte.

Esquistossomose

Doença causada por vermes que se hospedam no sistema venoso, causando diarréia, dermatose, cirrose do fígado, distúrbios no baço etc.

Leptospirose

Infecção causada pela bactéria leptospira, presente na urina de ratos infectados. Ataca o fígado, baço e causa hemorragia.

Companhia de Água e Esgotos da Paraíba - CAGEPA
Todos os Direitos Reservados