Lançado edital para festivais de audiovisual que serão patrocinados pela Cagepa

O Governo do Estado lançou nesta quinta-feira (13) os editais para a realização de 16 festivais de audiovisual, que serão patrocinados pela Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa). A iniciativa vai fomentar a produção cinematográfica no interior do Estado, por meio da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet).

O edital de chamada pública para patrocínio dos eventos foi publicado no Diário Oficial (DOE) desta quinta-feira (13) e as inscrições dos interessados poderão ser feitas até as 23h59 do dia 13 de março. Os festivais serão realizados no período de 13 de abril deste ano até 13 de abril de 2021.

A proposta do Governo é realizar 16 festivais, classificados em duas categorias: municípios que têm histórico recente na realização de festivais de audiovisual e novos municípios com vocação cinematográfica (que tenham sido palco de obra importante do cinema paraibano).

O presidente da Cagepa, Marcus Vinícius Fernandes Neves, lembrou que essa é a segunda ação consecutiva da companhia de apoio direto à cultura local. “Ano passado, investimos no 14º Fest Aruanda do Audiovisual Brasileiro, festival consolidado como o principal do gênero no Nordeste. E foi justamente lá, no Fest Aruanda, que concebemos a ideia de consolidar esse apoio, no sentido de estimular e interiorizar a sétima arte em festivais pelo Estado. Somos uma empresa pública e entendemos que é também nosso esse papel de ir além dos nossos serviços, mas também de promover o desenvolvimento em outros segmentos”, pontuou.

O secretário de Estado da Cultura, Damião Cavalcanti, ressaltou que a chamada pública para os interessados em participar dos Festivais de Cinema no interior paraibano é mais uma ação do governador João Azevêdo para fortalecer a cultura paraibana. “Esse foi um compromisso do governador João Azevêdo durante o último Aruanda Fest, e agora o cumprimento desse compromisso. Acredito que será um programa exitoso dada a vocação do cinema que tem sido demonstrada pela Paraíba”, disse, destacando que o edital atende à Política Estadual de Cultura.

O edital – Os Festivais de Audiovisual têm de ter duração de no mínimo três dias, com pelo menos uma sessão diária, sendo longas-metragens ou conjunto de filmes de curta-metragens.

Para fazer a proposta, os interessados devem apresentar, obrigatoriamente,  os seguintes documentos: planilha orçamentária, currículo do proponente (aquele que assume a responsabilidade legal). Este documento deve conter o detalhamento de projetos culturais realizados nos últimos anos; comprovação de outros aportes financeiros; minuta do regulamento do festival proposto; documentos de regularidade fiscal.

As propostas serão avaliadas levadas em conta os seguintes critérios: mérito do projeto, viabilidade da execução, fomento ao processo educativo-formativo e democratização do acesso.

Mais detalhes podem ser conferidos no link https://auniao.pb.gov.br/servicos/arquivo-digital/doe/janeiro/fevereiro/diario-oficial-13-02-2020.pdf