Governo autoriza construção de obras que vão levar água tratada para moradores de Rio Tinto

Governo autoriza construção de obras que vão levar água tratada para moradores de Rio TintoO governador Ricardo Coutinho assinou, nesta terça-feira (28), ordens de serviço autorizando a construção do sistema de captação e tratamento de água para abastecimento da Vila Regina e também a construção do sistema de captação e adutora de Barra de Mamanguape, ambas em Rio Tinto. As obras vão beneficiar cerca de 8 mil habitantes do município, que terão abastecimento de água tratada pela Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa). Mais de R$ 1,1 milhão será investido nas obras.

Na oportunidade, Ricardo Coutinho lembrou que estas obras são resultado de um compromisso assumido ano passado, pelo Governo do Estado, com a população destas áreas de Rio Tinto. “Ano passado, visitamos estas áreas e vi a péssima qualidade da água que era consumida pelo povo. Então, resolvemos fazer essas obras com mais de R$ 1 milhão de investimento. O problema aqui não é a falta de água, mas a qualidade dela. Com essas obras será possível trazer água tratada pela Cagepa para os moradores”, garantiu o governador.

Ele ainda acrescentou que a ação representa a continuidade do esforço que o Governo tem feito para montar a maior rede de distribuição de águas na Paraíba. “É um grande desafio, mas, através da Secretaria de Recursos Hídricos, comandada por João Azevêdo, estamos conseguindo proporcionar segurança hídrica para todas as regiões”, pontuou.

Governo autoriza construção de obras que vão levar água tratada para moradores de Rio Tinto“Água é fundamental para a população e significa desenvolvimento para as cidades. Ampliar a segurança hídrica é essencial para dar mais qualidade de vida ao povo paraibano. Com água tratada, os moradores destas áreas de Rio Tinto terão mais saúde”, comentou o secretário de Infraestrutura, Recursos Hídricos, Meio Ambiente, Ciência e Tecnologia, João Azevêdo.

O sistema de captação e tratamento de água para abastecimento da Vila Regina compreende a captação através de bomba submersível; estação de tratamento de água, tipo compacta, em resina poliéster estruturada em fibra de vidro, com capacidade para tratar uma vazão de 22,5 litros por segundo; estação elevatória de água tratada com vazão de 22 litros por segundo e reservatório apoiado com capacidade de 100 metros cúbicos.

Já o sistema de captação e adutora para abastecimento de água de Barra de Mamanguape terá captação em poço artesiano por meio de bomba submersa, com vazão de 4,3 metros cúbicos por hora; adutora em tubo PVC, PBA, com diâmetro de 50 mm e extensão de 4.000 metros.

De acordo com o prefeito de Rio Tinto, Fernando Naia, a vinda da água tratada para estas localidades do município era uma demanda antiga da população e vai melhorar a vida dos moradores. “Quando as obras ficarem prontas, essas áreas terão água tratada e mais dignidade. É um desejo do povo que se tornará realidade. Agradeço ao governador por tudo que tem feito aqui em Rio Tinto”, disse.

“Com todas as obras e ações pela Paraíba, o Governo do Estado está semeando o futuro do povo paraibano. Esta ação de hoje vai ampliar o abastecimento para essa região e será essencial para os moradores”, avaliou o presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, Gervásio Maia.

A dona de casa Maria de Fátima comentou que a água chega nas torneiras das casas, porém a qualidade não é boa. “A água não deve ter gosto, cor, nem cheiro, mas essa que a gente consome muitas vezes chega amarelada e com gosto ruim. Tem dias que eu preciso ferver a água antes de beber para ver se fica melhor. Estou torcendo para que a obra fique logo pronta e a gente possa tomar água tratada”, falou.