Cagepa reforça equipes de manutenção e pede para população economizar água

 

Presidente Marcus Vinícius visita ETA de Gramame

Com os paraibanos em casa durante o período de quarentena e medidas de higiene sendo reforçadas, o consumo de água no Estado cresceu acima do normal na última semana. Diante desse quadro, a Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) apela aos seus usuários para que façam o uso racional em casa. Segundo a companhia, não há risco de racionamento ou desabastecimento total na Grande João Pessoa, mas a importância da água tratada para a higiene neste momento de pandemia exige medidas de economia.

O presidente da Cagepa, Marcus Vinícius Fernandes Neves, explicou que o alto consumo tem implicado em interrupções pontuais no abastecimento de água em algumas localidades, principalmente na Grande João Pessoa. “Temos que ponderar o equilíbrio entre oferta e demanda. O consumo desenfreado pode baixar o nível dos reservatórios. Mas, estamos com 100% de nossas equipes de operação e manutenção para monitorar os sistemas de abastecimento e consertar rapidamente os vazamentos de água. Entendemos que somos um serviço essencial neste momento de pandemia”, afirmou.

As equipes de manutenção e operação da Cagepa seguem trabalhando com os devidos protocolos de prevenção contra a Covid-19, com fardamentos e acessórios de trabalho devidamente higienizados, proteção com luvas e máscaras, portando álcool em gel e evitando contato pessoal.

O senso coletivo da população é imprescindível nesse processo, segundo Marcus Vinícius. O presidente alertou sobre a necessidade de priorizar o uso da água apenas para atividades essenciais. “Em tempos de coronavírus, quando lavar as mãos com frequência vira recomendação geral, a orientação é para que a água seja usada prioritariamente para higienização das mãos e em banhos rápidos. Além disso, a máquina de lavar roupa deve ser acionada só quando estiver cheia. Não podemos abusar, agora mais do que nunca”, advertiu.

Como economizar água sem descuidar da limpeza?

– Feche bem as torneiras durante o ensaboamento das mãos e após o uso. Torneira aberta em 1 minuto gasta 3 litros de água;
– Feche a torneira enquanto escova os dentes ou faz a barba;
– Evite banhos demorados. O chuveiro aberto em 15 minutos gasta 60 litros de água;
– Antes de lavar a louça, remova restos de comida dos pratos e das panelas, ensaboe e só abra a torneira para o enxague;
– Evite lavar as calçadas com mangueira. Elas podem ser varridas;
– Molhe plantas e jardins ao entardecer ou amanhecer. Isso evita a evaporação rápida da água. Utilize regador em vez de mangueira;
– Evite que as crianças brinquem de tomar banho com mangueira;
– Fique atento aos vazamentos em pias, chuveiros e vasos sanitários;
– Conserte imediatamente os vazamentos, trocando as partes danificadas das canalizações. Não faça remendos provisórios.

CANAIS DE ATENDIMENTO
– Teleatendimento 115
– Redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram)
– Agência virtual (www.cagepa.pb.gov.br)
– App Cagepa, que está disponível para smartphones com sistema Android